Mais lidos

quarta-feira, 12 de março de 2014

  O novo livro de Renan Barreto "Vernon" pela editora Novo Século. É um livro de terror e suspense, que trabalha a temática de uma cidade assustadora. Além de sustos, coisas desagradáveis e, até romance, há momentos de reflexão sobre a vida. É um livro muito bacana.
Sinopse :
"Vernon" é uma cidade cuja população está sempre feliz, porém é envolta por uma aura sombria de mistério e terror.  Sua história é muito mais complexa e assustadora do que os moradores acreditam. O livro tem foco em vários personagens, mas o protagonista é Marcelo, um jovem atormentado por uma seita religiosa da cidade que teve que abandonar. Forçado quando criança a se mudar e morar sozinho com a tia na cidade chamada Pasárgada, Marcelo sente-se jogado sem os pais, que simplesmente somem.
Ele se vê sozinho no mundo, tendo que lidar com problemas como depressão, problemas afetivos e de ordens sociais, além de encarar um terrível caminho cheio de morte, sangue e dor. Ao voltar à sua terra natal, após mais de uma década, descobre que seu passado e futuro são muito mais assustadores do que jamais imaginou. Um assassino serial que se autodenomina "Cavaleiro" acredita que um número exato de mortes irá salvar o mundo e afirma que Vernon é o local por onde o Diabo irá ressurgir da sua prisão, fazendo da cidade o seu portal. Marcelo encontra pessoas que sofreram de forma parecida como ele e se alia a elas numa guerra cheia de intrigas políticas, grupos de mendigos e muitas reviravoltas. A busca de Marcelo o leva a tentar entender o que é o amor verdadeiro e a verdade por trás dos grandes eventos da sua vida.

Primeira orelha -

“–  Não. Nunca estamos livres. Os laços nos dizem quem somos, fazem parte das nossas identidades. Somos capazes de lutar, correr, fazer o que quisermos fazer, mas no final continuamos sós. Deve ser por isso que soa como o plural de sol. Sóis estão sempre sós, sozinhos na imensidão. São reverenciados pelos planetas, são importantes, líderes por natureza, mas acabam morrendo porque não podem usar energia de outros ou compartilhar a sua com outra estrela. Sucumbem e não deixam sequer uma lembrança. Apenas somem no vácuo como se não tivessem sequer existido... Somos nós... Dois sóis sós.
–  Você é realmente uma pessoa triste e meio louca.
–  Pode ser. Mas e você? Parece-me outro sol. Mais uma estrela.
–  Parei de acreditar em estrelas há muito tempo – respondeu o jovem –  Elas são apenas fotografias cósmicas. A luz delas chega aqui com milhões de anos de atraso. Vemos apenas o passado.”

Quarta capa –

Vernon é uma história empolgante, com velocidade e dinâmica de série de TV. Todos os personagens possuem partes importantes na história geral, contribuindo com seus feitos. O leitor mais atento conseguirá desatar os nós desse enredo sinistro, no pior sentido da palavra. As trevas permeiam as ruas, o hotel, os prédios públicos, os hospitais, o sanatório e pontos turísticos de Vernon, a cidade cujo passado pode interferir no futuro dos seus moradores. A cidade é um personagem a parte. Ela é implacável com quem quer se sobressair num antro de mentiras, mortes e muito mistério. Nada do que acontece é em vão e as razões são assustadoras. Viver numa cidade em que todas as pessoas são felizes, certamente tem algo de errado. E o que poderia estar errado numa cidade em que tudo funciona? Não há moradores de rua, a população vive tranquila e a vida parece perfeita. Em paralelo a isso, o Cavaleiro, um homem sem rosto, vestido de preto e com ar de entidade espreita pelos cantos para impedir que liberem o Demônio da sua prisão, cuja lenda diz estar sob o solo de Vernon. Cabe a Marcelo, um jovem desacreditado na vida a enfrentar o Cavaleiro, este arauto fúnebre numa batalha que mistura fúria, vingança e redenção.

Data de lançamento março ou abril.

One Response so far.

  1. O livro é surpreendente. Prende a atenção do início ao fim com a série de intensos acontecimentos no decorrer da história. Com o fim da leitura, os personagens deixam saudade. Super recomendado!

Copyright © Isso dá Medo - KYLE