Mais lidos

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

 American Horror Story é um seriado americano criado por Ryan Murphy e Brad Falchuck (Nip/Tuck e Glee) e é exibido nos EUA pelo canal FX. A série de suspense/terror aborda desde temas dramáticos como dores amorosas até temas sobrenaturais como o Anticristo. Atualmente, a série está em sua segunda temporada subtitulada “Asylum”. A cada temporada o enredo e – logicamente – os personagens mudam trazendo cada vez mais suspense.

  A primeira temporada de AHS foi focada nas relações extra-carnais de humanos e espíritos. O seriado leva ao espectador mistérios nunca antes imaginados. Cada personagem com sua rica historia de vida – e morte – e emoções para contar. Dr. Harmon (Dylan McDermott), o adúltero – olá, Hayden (Kate Mara) – atrás de redenção, Violet (Taissa Farmiga), a revoltada apaixonada e Vivien (Connie Britton) a grávida insuportável se mudam para a famosa Murder House onde coisas misteriosas acontecem. A governanta Moira O’Hara, hora uma jovem sexy (Alexandra Breckenridge), hora uma senhora de idade(Frances Conroy) e o jovem psicopata Tate Langdon (Evan Peters) – meu personagem favorito da temporada – são enigmáticos e te fazem sentir emoções variadas a cada episódio.
  Na primeira temporada, quem morre dentro das limitações da Murder House permanece lá pela eternidade – exceto nos 31 de Outubro, quando os mortos são livres para vagarem por onde quiserem. Essa espécie de maldição nos traz diversos personagens – não revelarei seus nomes por questão de spoiler – curiosos e nos faz olhar por trás de cada perspectiva. Até que ponto uma família pode conviver com esses seres sem entrar em colapso? Há também a surpreendente história de amor de Violet e Tate que enfrenta limitações severas do inicio ao fim. Constance Langdon (Jessica Lange) é uma mulher enigmaticamente inteligente. Talvez a personagem com mais coisas para contar. Por toda a vida deu à luz a crianças deformadas e doentes e decide no fim do seriado algo que mudaria a história da humanidade.

  A segunda temporada, denominada “American Horror Story: Asylum” apresenta uma instituição para criminosos com problemas mentais na década de 1960, a Briarcliff Manor, dirigida pela Irmã Jude (Jessica Lange), uma freira com um passado sombrio e sensual. Nessa instituição também trabalham a - mais para frente demoníaca - Irmã Mary Eunice (Lily Rabe) que esconde segredos sobre experiências desumanas do Dr. Arden (James Cromwell), um antigo nazista que trabalha na instituição.

  No inicio da segunda temporada vemos Kit Walker (Evan Peters) sendo supostamente abduzido por extra-terrestres e logo em seguida sendo internado no Briarcliff Manor sob acusação de ser um famoso serial killer chamado “Bloody Face” que tem o hábito de retirar a pele de suas vítimas. Lana Winters  (Sarah Paulson) é uma repórter que descobre alguns segredos e irregularidades da instituição e quando ameaça divulgar suas informações é internada no Briarclif a mando de Irmã Jude – que mais para frente perde seu santo rebolado – por ser homossexual a fim de ser “tratada”. A partir daí, Lana, Kit e Grace (Lizzie Brocheré)– um caso amoroso de Kit - tentam sobrevier e fugir do Asylum. Dr. Thredson (Zachary Quinto) é o psiquiatra encarregado de avaliar a situação mental de Kit e carrega segredos que mudam a historia e visão dos personagens.

  Alem de ETs e assassinos, AHS: Asylum nos joga diante arcanjos e um demônio que mexe com cada personagem de uma maneira diferente.

  A terceira temporada de American Horror Story já foi confirmada e até o momento a única coisa certa é que teremos Jessica Lange novamente no seriado.

  American Horror Story: Asylum está atualmente sendo exibida no Brasil pela FOX.

Escrito por: João Marques

One Response so far.

  1. Cara, nunca tinha ouvido falar dessa serie mas vou correr atras pra ver se é boa. http://estranhaaparicao.blogspot.com.br/

Copyright © Isso dá Medo - KYLE